Warning: A non-numeric value encountered in /home/rcvipscom/public_html/wp-content/themes/rcvips-v2/category.php on line 4

Rogério Almeida

Turismo

Presidente da ABAV-PB, Bruno Mesquita participa de famtur à Tailândia

Presidente da ABAV-PB, Bruno Mesquita participa de famtur à Tailândia

O presidente da Associação Brasileira de Agência de Viagens, Seccional da PB, Bruno Mesquita está na Tailândia ao lado de outros quatro presidentes da ABAVS do Nordeste (PE, PI, SE, e MA ) e o de Minas Gerais, mais diretores de sete agências Abavianas de AL, SE, DF e PE e dois representantes do Governo da Tailândia, participando de um famtour, atendendo ao convite do Escritório de Turismo da Tailândia no Brasil.

O famtur prossegue até o próximo dia 7 de maio, e o grupo vai visitar além de Bangkok, as cidades de Ayutthaya (Patrimônio Mundial pela UNESCO), Phang Nga e Puket, onde no Akyra Beach Club Phuket receberão aulas sobre a cozinha tailandesa.

Todos participarão de encontros com diretores e membros da Associação de Agentes de Viagem da Tailândia (ATTA) e do Amazing Thailand Latin America Trade Meet.

Dia 8 de maio será a data de regresso ao Brasil. Participam do famtur, o presidente da ABAV-PB, Bruno Mesquita, da ABAV-PE, Marcos Teixeira de Freitas, Carlos de Souza Ávila (Casa de Viagens), João Morais de Lima, João Henrique, da Azul Viagens, Sergio Lima Oliveira, Jocemir dos Santos, Nubio Gadelha Neto, Jose Mauricio de Miranda Gomes, Alberto Jorge (Globaltur), Monica Guimaraes Piatti (Riviera Turismo), Lourdes Dequi (Santa Monica Tours), entre outros. MAIS CLIQUES AQUI…

”Café com o JPA” é realizado pela primeira vez no Hardman Hotel

”Café com o JPA” é realizado pela primeira vez no Hardman Hotel

Numa coordenação do JPA Travel Market foi realizado pela primeira vez  em João Pessoa, o “Café com o JPA”. A iniciativa aconteceu no Hardman Hotel na Praia de Manaíra onde o engenheiro pernambucano Fabio Ulisses, da Insole,apresentou soluções para economia de energia para hotéis e pousadas.

A empresa é especializada em energia solar fotovoltaica. Inaugurada em 2013, conta com mais de 600 instalações espalhadas pelo Brasil com mais de 40 MW em funcionamento.

Em seguida foi homenageado um profissional do turismo que se destacou em sua área de atuação. Este mês foi Arthur Medeiros de Farias Lima, coordenador de eventos do Hotel Manaíra e concluinte do curso de turismo na UFPB.

O evento foi bastante prestigiado e contou com as presenças da presidente da PBTur, Ruth Avelino, e da Secretária de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, Rosália Lucas, e do Gerente do Hotel Manaíra, Marcelo Vivot, entre outros.

Os diretores do JPA Travel, Claudio Jr, Bruno e Breno Mesquita anfitrionaram o evento que pretende ser realizado frequentemente e sempre homenageando um colaborador do trade turístico.

MAIS CLIQUES AQUI…

Complexo Multiuso Heron Marinho Business e Living é inaugurado em Campina Grande

Complexo Multiuso Heron Marinho Business e Living é inaugurado em Campina Grande

O Complexo Multiuso Heron Marinho Business e Living com o Hotel Slaviero Essential foi inaugurado em Campina Grande (PB).

Numa área de 85 mil metros quadrados, o complexo Heron Marinho é um empreendimento de 160 milhões de reais,de uma única investidora, a Construtora e Incorporadora Andrade Marinho LMF, um grupo inteiramente de Campina Grande e que utilizou recursos próprios.

O empreendimento inclui além do hotel com 149 apartamentos, 130 flats, uma torre corporativa com 235 salas comerciais,um shopping mall (centro comercial com 20 lojas, sendo duas âncoras com área de 200 metros quadrados), restaurante, duas torres residenciais estacionamento para 1100 vagas.

A Slaviero Administradora, uma das empresas do grupo da Slaviero Hotéis, é a responsável pela administração do hotel que recebe a bandeira Essential, e enviou de Curitiba desde seu diretor presidente Eduardo Slaviero, como um grupo de funcionários, como o diretor de operações da Slaviero Hotéis, Eraldo Santanna e muitos deles estão na implantação do hotel, como o chef Ary Ayres Jr.

O hotel e o restaurante Alma Cozinha leva a assinatura da arquiteta paraibana Sandra Moura e o projeto do complexo é do arquiteto Jerônimo Cunha Lima, que no Recife, projetou o JCPM Trade Center.

Um coquetel de alto nível foi servido aos presentes que foram presenteados com um show de Kevin Djana, um dos finalistas do Voice Brasil.

CONFIRA OS CLIQUES DA NOITE AQUI…

A Lisboa de Fernando Pessoa

A Lisboa de Fernando Pessoa

Fernando Pessoa, o mais universal poeta português, nasceu e morreu em Lisboa e aqui viveu seus amores e escreveu seus romances. Como fã do poeta resolvi seguir os seus passos visitando os mesmos locais, que ainda hoje sobrevive na capital portuguesa. Nosso passeio começa na casa onde nasceu o poeta no dia 13 de junho de 1888, no número 4 do Largo de São Carlos, e que fica bem defronte do Teatro São Carlos, no centro de Lisboa. Depois seguimos para a Igreja dos Mártires, onde Fernando Pessoa foi batizado.

Quando jovem Pessoa visitou os inúmeros cafés das tertúlias literárias e morou em vários quartos alugados.

Em seguida visitamos a Rua dos Dourados do Livro de Desassossego. Passamos pela Biblioteca Nacional, onde o poeta autodidata passava muitas horas. No local se encontra um acervo com obras raras e rascunhos assinados pelo próprio Fernando Pessoa.

Depois fomos à Praça D. João Câmara onde morava a sua namorada Ofélia Queiroz que foi lembrada em muitos versos do poeta.

O Coração de Lisboa

O Coração de Lisboa

Na Praça de Dom Pedro IV (que é o nosso D. Pedro I) e conhecida como Largo do Rossio, e que Fernando Pessoa chamava de “o coração de Lisboa”, está o Café Nicola, do século XVIII e um dos preferidos do poeta. Aqui ainda hoje se pode encontrar o seu café preferido e comprar um dos 25 diferentes tipos da bebida.

Saindo da Praça do Rossio pela Rua Augusta se chega à Praça do Comércio, também conhecido como Terreiro do Paço. No centro da praça está a estátua equestre do rei Dom José I, “fundida em Portugal, em uma só peça, em 1774”, como descreve Pessoa.

Aqui no número 3, está o Café e Restaurante Martinho da Arcada, de 1778, que ainda preserva a mesa onde Fernando Pessoa costumava sentar e trabalhar todos os finais de semana em seus últimos dias de vida. E foi aqui onde escreveu “Mensagem” e o “Livro do Desassossego”. O café ainda possui uma mesa com seus objetos pessoais, e que é muito visitado pelos apaixonados pela vida e obra do maior poeta português.

Depois seguimos para a Praça da Figueira, outro lugar onde Pessoa percorria diariamente para visitar os amigos e clientes.

Subindo o Chiado chegamos à Praça Luís de Camões e onde está localizado o Café A Brasileira, que tinha Pessoa, como um dos frequentadores assíduos.

Mas nada é mais simbólico do que se sentar ao lado da estátua do poeta e fazer uma “selfie”, como milhares de pessoas todos os dias.

Fernando Pessoa era um profissional autônomo, que trabalhava como correspondente comercial e tradutor para várias empresas. Na Baixa Chiado no centro de Lisboa ele era bastante conhecido pois frequentava os saraus e vários amigos em longas conversas pelos bares e restaurantes do bairro.

Daí Fernando Pessoa percorria diariamente a pé as ruas do comércio, como a do Ouro, a Augusta que possui um arco triunfal da Praça do Comércio em seu final e passava diante da Câmara Municipal, considerada pelo escritor um dos edifícios mais belos de Lisboa.

Um passeio imaginário pelas atrações turísticas da Capital portuguesa

Um passeio imaginário pelas atrações turísticas da Capital portuguesa

Em 1925, Fernando Pessoa escreveu um roteiro turístico por Lisboa. Trata-se de um passeio imaginário pelas principais atrações turísticas da capital Portuguesa.

O poeta escreveu o livro em inglês, pois sua intenção era divulgar ao mundo a sua cidade natal, Lisboa. O título: Lisbon: What the Tourist Should See, que pode ser encontrado em sua versão em português: Lisboa: O Que o Turista Deve Ver, onde o poeta dá dicas, faz comentários e conta parte da história da cidade e cujo texto ainda está muito atual.

Depois do Chiado descemos para a Praça dos Restauradores e em seguida a Avenida Liberdade, a mais chique do centro de Lisboa, rumo à Praça Marquês de Lisboa, conhecida como Rotunda, pelos alfacinhas (nome dado à quem nasce na capital portuguesa). Na praça está o Banco do Brasil, com a bandeira do nosso país.

Percorrendo a Avenida da República chegamos à Praça de Touros do Campo Pequeno, e como dizia Fernando Pessoa: “que data de 1892 e foi construída em tijolo no estilo árabe”. Hoje, a Praça de Touros se transformou em centro comercial e realiza grandes shows internacionais e também na temporada a tradicional tourada portuguesa, diferente da espanhola, já que a Portugal não mata o touro.

Logo no início do seu livro, Fernando Pessoa detalha “Para o viajante que chega por mar, Lisboa, vista assim de longe, ergue-se como uma bela visão de sonho, sobressaindo contra o azul vivo do céu, que o sol anima. E as cúpulas, os monumentos, o velho castelo elevam-se acima das casas, como arautos distantes deste delicioso lugar, desta abençoada região”.

No seu livro-guia Fernando Pessoa percorre todo o centro de Lisboa e o leitor é levado também a pontos mais distantes como o Castelo de São Jorge, o Mosteiro dos Jerônimos e a Torre de Belém.

Uma das passagens interessantes e que visitei foi o Aqueduto de Águas Livres. Construído em 1732 com a finalidade de abastecer Lisboa- apesar do rio Tejo à frente. No livro Pessoa alerta que o Aqueduto estava fechado devido ao alto índice de suicídios e assaltos. Esta passagem surpreende porque se trata de uma obra para atrair turistas.

Do aqueduto, o poeta vai para a região de Belém onde estão os monumentos da Era das Navegações e a Torre de Belém, de 1521 e que se tornou o símbolo de Portugal e local marco da partida das naus para o Novo Mundo.

Fernando Pessoa também registra o Mosteiro dos Jerônimos, do século XVI. “Uma visita aos Jerônimos tem, necessariamente, de ser demorada para ser uma verdadeira visita”, escreveu o poeta.

Ironicamente aqui estão os restos mortais do próprio Fernando Pessoa, depois de falecer em Lisboa, no dia 30 de novembro de 1935, portanto 10 anos depois de escrever “Lisboa: O que o Turista Deve Ver”.

Onde ficar? Onde Comer? O que ver? Dicas de Rogério Almeida sobre Lisboa

Onde ficar? Onde Comer? O que ver? Dicas de Rogério Almeida sobre Lisboa

O roteiro termina na Casa Fernando Pessoa, onde o poeta viveu seus últimos 15 anos e que hoje é um centro cultural interativo e que preserva a memória do maior poeta da língua portuguesa.

Onde Ficar

A rede hoteleira de Lisboa é bem variada. Para quem deseja fazer o roteiro a pé de Fernando Pessoa, recomendo se hospedar no Hotel Metrópole desde 1917 e que fica bem em cima do Nicola: www.almeidahotels.pt, , Praça Dom Pedro IV 30, 1100-062 Lisboa, Portugal, Telefone: +351 21 321 9030

Onde Comer

Os mesmos restaurantes visitados por Fernando Pessoa ainda estão aqui. O Café- Restaurante Martinho da Arcada (www.martinhodaarcada.pt,), na Praça do Comércio, 3, considerado o café mais antigo de Lisboa. Fone: +351 21 887 9259 e o Nicola: Praça Dom Pedro IV 24-25, 1200-091 Lisboa, Portugal. Fone: +351 21 346 0579.

O que ver

Casa onde nasceu João Pessoa
Torre de Belém
Mosteiro dos Jerônimos
Câmara Municipal de Lisboa, na Rua do Arsenal
Terreiro do Paço ou Praça do Comércio
Praça D. Pedro IV ou do Rossio, com a estátua de nosso D. Pedro I
Praça Luís de Camões
Café a Brasileira
Casa Fernando Pessoa, centro cultural onde viveu o poeta
Castelo de São Jorge
Ruínas do Convento do Carmo de 1389.
Praça Marquês de Pombal
Aqueduto das Aguas Livres

Dica do autor

Quem deseja fazer um passeio literário por Lisboa, que nos leva à descoberta da vida e obra de Fernando Pessoa, recomendo entrar em contato com o pesquisador Ricardo Belo de Moraes, que promove no primeiro e terceiro domingo de cada mês, um tour que se inicia às 15h, na joalheria Anselmo 1910, Largo de São Carlos, 1, onde podem ser adquiridos os bilhetes.

Informações Turísticas

Para melhor aproveitar o roteiro de Fernando Pessoa, não deve deixar de comprar o livro do poeta, Lisboa: O Que o Turista Deve Ver. Recomendo comprar na Livraria Bertrand, fundada em 1732 e visitada por Pessoa. www.bertrand.pt. A maior e mais antiga rede de livrarias de Portugal.

E antes de vir conferir tudo sobre Fernando Pessoa não deixar de pesquisar em www.visitlisboa.com

HOTEL RITZ DE MADRID FECHA AS PORTAS DIA 28 DE FEVEREIRO PARA REFORMA MILIONÁRIA

HOTEL RITZ DE MADRID FECHA AS PORTAS DIA 28 DE FEVEREIRO PARA REFORMA MILIONÁRIA

O Hotel Ritz de Madrid construído há 107 anos por iniciativa do Rei Alfonso XIII da Espanha vai fechar as portas nesta quarta-feira, dia 28 de fevereiro, para reforma milionária.

A previsão é que a reforma custe em torno de 90 milhões de euros (320 milhoes de reais) e para isso o hotel deverá ficar fechado até o final de 2019.

Segundo Christian Tavelli que assumiu a direção do hotel em 2013, o Hotel Ritz que pertence a cadeira Mandarin Oriental depois da reforma será um dos hotéis mais luxuosos do mundo e vai devolver o esplendor que era desde o início de 1910.

Com 106 apartamentos e suítes, pelo Ritz de Madri já estiveram hospedados celebridades e políticos como o Príncipe Ranier e Princesa Grace Kelly de Mônaco. Aqui se hospedou a espiã Mata Hari, bem como o cantor Frank Sinatra que veio com sua noiva de então a atriz Ava Gardner.

Localizado diante do Museu do Prado, o Hotel Ritz de Madri é uma referência mundial e um dos melhores lugares para se hospedar no mundo.

A Grande Dama como o hotel é conhecido depois da reforma retornará ainda mais luxuosa.

Outros hóspedes que passaram pelo hotel foram o Imperador da Etiópia, Hailé Salessié que era adorado como um Deus; o ditador espanhol Franco, Alexander Fleming o inventor da penicilina, o escritor Ernest Hemingway, atrizes Michelle Pfeiffer, Demi Moore, Claudia Cardinale e os atores Anthony Hopkins, Richard Gere e James Stewart.

ASTRONAUTA BRASILEIRO ESTARÁ RECEBENDO TURISTAS DIAS 18 E 22 DE JANEIRO NA NASA

ASTRONAUTA BRASILEIRO ESTARÁ RECEBENDO TURISTAS DIAS 18 E 22 DE JANEIRO NA NASA

O astronauta brasileiro Marcos Pontes estará no Complexo de Visitantes do Kennedy Space Center entre os dias 18 e 22 de Janeiro de 2018, recebendo os turistas para um bate papo no Programa Encontro com um Astronauta.

O encontro com Marcos Pontes está incluído no ingresso ao Centro de Visitantes, o complexo temático e turístico da NASA no valor de U$49 para crianças até 12 anos e U$59 para adultos, mais impostos).

Marcos Pontes contará histórias de sua experiência no espaço e responderá às perguntas de todos e em particular, de quem sonha ser um astronauta.

Em 2006, ele se tornou o único brasileiro e o segundo latino a estar na Estação Espacial Internacional (ISS) em uma missão que levou o nome de Missão Centenário, em homenagem aos 100 anos do voo de Santos Dumont.

Nascido em Bauru, São Paulo, Pontes passou a infância sonhando em ser piloto de aviões. O sonho foi bem além do esperado e em 1998 se tornou membro da Agência Espacial Americana.

Especialmente nessas datas, os encontros dos horários de 15h serão realizados em português, direcionados aos brasileiros que desejam conhecer nosso herói do espaço.

Sobre o Kennedy Space Center Vistor Complex

O Kennedy Space Center Visitor Complex oferece uma mistura de simuladores, passeios por trás das cenas, exposições interativas, a oportunidade de assistir ao lançamento de um foguete, etc.

O Centro oferece entre outras atrações o Space Shuttle Atlantis, com direito ao Shuttle Launch Experience ®; visita ao Centro Saturn Apollo V, com um foguete real; filmes espaciais em 3D, incluindo “IMAX® A Beautiful Planet” e “Journey to Space 3D”; além do Encontro Astronauta, programa diário onde os turistas se encontram com um veterano astronauta da NASA; Journey To Mars: Explorers Wanted; Jardim de foguetes; e muitas outras atrações interativas.