a

Colunistas

Mayrinne Meira Moda

Chokers

(Fotos: Reproduções)

Os chokers chegaram com força e poder no verão 2016. Saiba mais!

Os chokers já são as peças de maior destaque do verão 2016 no quesito acessório. Espécie de gargantilhas rígidas, eles nos traz à lembrança imagens de guerreiros e rainhas da Antiguidade oriental, por isso, logo traz relação com poder e força; recorda as belas cortesãs do século XIX, daí sua ligação com a sensualidade, remete, ainda, ao movimento grunge, que influenciou fortemente a Moda nos anos 1990, com pegada mais urbana.

Hoje vem repaginada, adaptada às variantes estéticas atuais, mas continua cumprindo o seu papel de não ser um simples e discreto acessório. Os chokers podem dar um upgrade fantástico nos looks, com uma sensação de empoderamento. Em se tratando de modelos, temos as coleiras (especialmente as de corte vazado e de veludo), as correntes, os metalizados e as chokers tatoos.

Eu sou uma entusiasmada usuária. Aqui na Paraíba, adquiro todas na Smac Acessórios, que possui ampla variedade. Particularmente, adoro os metalizados, desde os que possuem design minimalista e delicado, às mais elaboradas, com pedrarias e baixo relevo.

Abaixo, enumerei as mais adequadas para os sete estilos universais de mulher, embora absolutamente nada impeça de usarmos as demais:

1. Esportivo – Ela é prática e básica, lhe caem muito bem os chokers de linhas finas e simples, sem pedrarias ou penduricalhos.

2. Clássico – Estilo das mulheres que preferem qualidade e atemporalidade das peças. As de metais totalmente lisas ou com um discreto detalhe como um recorte são ideais.

3. Elegante – Usa tudo o que a clássica gosta, mas sempre traz um ar mais atual, quebrando a formalidade e mesmice das peças. Ela faz isso com cores, sobreposições e acessórios. São aquelas que usam as chokers mais exageradas e ficam lindas.

4. Romântico – Estilo das adeptas de florais suaves, cartela candi color e materiais como renda. As opões de chokers mais delicadas, com estrelas, ponto de luz e superfinas são ótimas para este estilo.

5. Sexy – Gostam de realçar o corpo, na maioria das vezes exuberante, com fendas, decotes e cores mais quentes. Os metalizados com mais informações, as correntes e as coleiras de veludo caem como luvas.

6. Criativo – O visual é bem conceitual e cheio de personalidade. O que tiver de mais exagerado e com detalhes, ela usará. O que não impede de combinar uma choker tatoo ou uma romântica coleirinha com um mix surpreendente de colares.

7. Dramático – Estilo marcante que, em geral, não passa despercebido. São heroínas em misturar estilos e angariar a eles toda uma teatralidade. São adeptas também dos chokers mais barrocos, cheios de pedras, detalhes e reentrâncias.

Gostaram? Espero ter sanado algumas dúvidas sobre seu estilo e o que usar.

Mayrinne M. Wanderley.

E-mail: mayrinne@gmail.com
Instagram: @mayrinne
Sugestão: Smac Acessórios (instagram: @smacacessorios).

Amarre-se nas Gladiadoras

(Fotos: Reproduções)

Gladiadoras voltam com tudo neste verão

Seu nome remete à Antiguidade Clássica, fazendo referência às sandálias de aparência grosseira que entrelaçavam as pernas dos homens escravizados treinados para lutar em duelos. Um investimento do Estado Romano para entreter a população em grandes circos abertos, como o Coliseu.

Essas sandálias adquiriram várias facetas. Vez ou outra entra nos holofotes da moda. Nas coleções primavera/verão 2016, mais uma vez, entra em evidência. Com dois detalhes: mais rasteira do que nunca e com aspecto mais rústico do que outrora. Por essa razão, tem causado certo receio no público feminino, já que, por si, essas sandálias tendem a “achar” a silhueta, por conterem linhas horizontais. Abaixo, reuni algumas informações que podem ser muito válidas. Confira:

1. Cor
Para quem tem pernas longas e finas, todas as cores. Para as mulheres de pernas grossas e/ou curtas, a moda atual termina beneficiando, já que a opção são os tons nude.

2. Com vestidos, saias e shorts
Num nítido jogo de proporções, a gladiadora que alcança toda a panturrilha pede saias e shorts mais curtos. A de pouco alcance (um pouco acima do tornozelo) pode ser usada com qualquer comprimento.

3. Com calças
As gladiadoras ficam bem quando sobreposta à pele nua, portando, sua relação com calças quase sempre redunda em erros, salvo se ela for das mais curtas e quem a porta tiver intermináveis pernas.

4. Blazers, capas e blusas
Essas sandálias possuem alto grau de sensualidade, são fetiches. Usá-las com sobreposições e camisa de botão cria um aura de androginia e minimalismo que causa um efeito belíssimo.

5. Roupas de Festa
As gladiadoras são informais, em especial, as que estão na moda atualmente. Para ocasiões que exijam formalidade, é de bom tom evitar. Já as de salto caem muito bem com tecidos fluidos, bem soltinhos e curtos ou até a altura dos joelhos.

Lembre-se que a moda é eclética e só use se realmente se sentir a vontade com a peça e confortável. Para as mais discretas, a pedida são os modelos mais curtinhos. Para as mais ousadas, sempre brincar de jogo do equilíbrio: se a peça é ultrasensual, evitar roupas muito justas. E, por moda, estética ou ousadia, amarre-se nesta tendência.

Espero que tenham gostado.

Beijos e até semana que vem.

Mayrinne Meira Wanderley.

E-mail: mayrinne@gmail.com
Instagram: @mayrinne

A cor do verão 2016

Pantone anunciou a cor do verão 2016: Rose Quartz

O reinado da cor Marsala, aquele tom de vinho imperante no inverno passado, chegou ao fim. No dia 10 de Setembro a Pantone anunciou a cor do verão 2016: Rose Quartz, referência à bela e delicada pedra, que agora influenciará todo o universo do design, da estética, da moda.

Na minha coluna da última edição da RCVips magazine falei sobre o “candy color”, que dominaria a cartela de cores do verão, a Apple lançou o novo iphone com a opção de cor “rose gold”, a revista Vogue Brasil deste mês traz Isabeli Fontana vestindo total look desta cor e muitos estilistas prenunciaram a cor nas suas coleções, como Carolina Herreram neste exato momento em que estou escrevendo, no New York Fashion Week (NYFW). Coincidência? Prefiro atribuir ao inconsciente coletivo. A própria Leatrice Eiseman, diretora executiva da Pantone, observa uma razão psicológica para a coroação desta cor: nossa necessidade de tranquilidade e suavidade, num mundo conectado em rede em que a tecnologia e seus estímulos nos suga e acelera. Cores suaves nos resguarda num cantinho paralelo de calma e tranquilidade.

A cor é linda, feminina e muito fácil de combinar. Nos remete à arte Rococó, ao romantismo e à elegância angelical dos anos 1950. Invistam em roupas, maquiagens, esmaltes e acessórios de uma forma geral. Acredito em dois caminhos básicos para montar seus looks. Um é criar todo um clima de romantismo, usando saias rodadinhas, calças flare de cores claras e acessórios delicados.

Outro caminho é do contraste, com jeans destroyed, couro (em alta neste verão) e ousando também na combinação de cores, fugindo da trindade branco/preto/cinza, que sabemos que são perfeitas com rose quartz.

Vamos nos jogar nesse precioso mundo cor de rosa?

Beijos e até semana que vem.

Mayrinne M. Wanderley.

e-mail: mayrinne@gmail.com

instagram:@mayrinne

Calça pantacourt

(Fotos: Reproduções)

Calça pantacourt: uma tendência, sete soluções

Sucesso entre as mulheres mais ousadas dos anos 1980, a calça “pantacourt” é intrigante, polêmica e divide opiniões, mas, sem dúvida, tem trono certo nas coleções primavera/ verão 2015. O motivo das controvérsias é a modelagem e o comprimento, já que ela parece uma pantalona encurtada (cropped), favorecendo, de antemão, as altas, magras de pernas longas. Apesar do estranhamento inicial, há de se reconhecer que ela é confortável e elegante, sobretudo com peças de alfaiataria. E sim, com alguns cuidados e promoção de ilusão de ótica – vejam como temos poder sobre nossa imagem –, mulheres que não estão dentro do padrão de corpo longilíneo podem usar. Vamos às soluções?

1. Já que a “pantacourt” é larga nas pernas, compense com roupas mais ajustadas na parte de cima. Dá até para usar blazers, desde que sejam sequinhos. Algumas bloggers e celebridades usam com blusas largas que ficam lindas nas fotos, mas, para as ruas e vida real, eu prefiro balancear.
2. Para construir um efeito alongador, opte por sandálias e scarpins nude, caso as pernas sejam mais curtas e grossas. Para um ar mais cool, espadrille, sandálias rasteiras, alpargatas, tênis e sapatilhas;
3. Looks monocromáticos ajudam a alongar a silhueta.
4. Seguindo o mesmo propósito, opte pelas de cintura alta. Quanto mais alta, mais causa o efeito alongador e mais elegante.
5. Caso tenha quadril largo, uma ótima pedida são as de tecidos leves, totalmente lisas ou com microestampas.
6. Para as mais magrinhas, abusar do top cropped vai trazer várias possibilidades, desde mais formais, em renda ou crepe, por exemplo, até malhas para os ambientes mais informais.
7. Caso se sinta levemente desconfortável, mas, ainda assim, queira aderir à essa moda, invista em maxiacessórios. Brincos grandes, argolas e, notadamente, colares de várias voltas ou mistura de colares. Muitos, de forma que atraia o olhar do observador para a parte de cima do look.

Intrigante sim, mas possível de usar em looks charmosíssimos, essas calças já invadem as ruas desde o verão europeu, o que faz com que os olhares das mais antenadas, já estejam, no mínimo adaptados. Lembro, queridas, que essas dicas são ideais para as leitoras que ainda se sentem inseguras com as peças e, de forma alguma, são regras intransponíveis. Liberdade e ousadia fazem parte do jogo da Moda.

Beijos e até semana que vem.
Mayrinne Wanderley.

e-mail: mayrinne@gmail.com
Instagram:@mayrinne

Moda e Solidariedade

(Imagens: Divulgação)

A marca THKS, que tem como slogan “bonito é compartilhar”, vem fazendo um trabalho de visão social sério

A Moda pode ser instrumentalizada para incontáveis propósitos porque é constitui um vasto universo de comunicação. Entre tantas funções que desempenha e campos em que penetra, ela também pode ser direcionada à solidariedade com beleza e estilo, vale ressaltar. Findou-se aquela época em que se comprava uma camisetinha de baixa qualidade, com total desinteresse na estética só porque a renda se destinada à filantropia. Comumente, as pessoas compravam com o fim único de auxiliar as campanhas e, por questões óbvias, punham essas peças no fundo de uma gaveta qualquer, comprometendo o alto potencial de divulgação da campanha, infecundando a causa.

A THKs, que tem como slogan “bonito é compartilhar” vem fazendo um trabalho de visão social sério sem esquecer a beleza e qualidade das roupas. Com a qualidade dos tecidos da Santaconstancia (da família de Constanza Pascolato) e design do talentosíssimo Ricardo Toledo, renomado no nosso sistema da moda, as peças vem angariando muito sucesso, tanto pela beleza quanto pela causa.

A causa: a cada produto THKs comprado, uma camisa nova é doada a uma criança carente. Ciente de que esse passo é de grande relevância, mas reduzido diante de tantos problemas e miséria social, a ação compra/doação torna-se o ato simbólico de um projeto muito mais bonito e extenso. Os seus responsáveis também levam suporte jurídico, odontológico e nutricional para as crianças, além de ensinarem os valores básicos da vida em família e oferecer lazer. Para adquirir as peças, basta acessar o site www.t

Hoje, 25 de Setembro, haverá o lançamento da quarta ação social da Fun Cakes, a partir das 18h. O espaço será decorado pela Sweet Beginngs e o som será da DJ Dany Andrade. Na ocasião, será divulgada a cidade beneficiada e serão abertas às inscrições aos voluntários. É a abertura da campanha “Olho Vivo” de combate à exploração sexual infantil.

Personalidades da esfera da Moda, como blogueiros e modelos, doaram suas imagens para a bela campanha que mostra que a sinestesia entre moda, engajamento social e boa vontade podem trazer benefícios concretos para a sociedade civil, chegando aos redutos mais carentes, onde, muitas vezes, as garras do Estado não alcançam. A moda tem essa função social também. Cabe a nós o interesse do engajamento.

Fun Cakes: Av. Monteiro da Franca, 1734. Manaíra. João Pessoa (em frente aos estacionamento do Habib’s).

12345...

Parceiros Vips